VÍDEO

Letra

As marcas, cicatrizes e ruínas
Foram feitas na surdina
De uma noite de pavor
Ai, por favor!
Eu já não aguento mais
Eu só preciso ter paz
Vou gritar pra alguém ouvir,
Mais uma vez, será que dessa vez
Sem demora alguém virá
Dessa angústia me tirar
Já não tenho forças,
Eu não quero virar estatística

Refrão (2x)

É pra meter a colher
Socorre o grito da mulher
Pra quê manifestação
Depois que lacra o caixão
Não adianta mais, não não não não

As flores não amenizam as dores
nem apagam dessabores
que você me provocou
Aí, por favor!
Não adianta chorar
quanto a culpa te encontrar
Dizer que me amou
depois que eu for embora
não me faz voltar, não não!

Refrão (2x)

É pra meter a colher
Socorre o grito da mulher
Pra quê manifestação
Depois que lacra o caixão
Não adianta mais, não não não não

Adicionado por

Samuel

Compartilhar

  1. Juliana

    18/09/2021 at 01:14

    Que letra incrível! To emocionada!

  2. Samuel

    18/09/2021 at 05:06

    Letra realmente incrível! 👏👏👏🖐️

O seu endereço de e-mail não será publicado.

   

Últimas Letras Adicionadas