VÍDEO

Letra

Max e Luan – Vestido Coladinho
Compositores: Luan / Felps / Max

Por trás da fumaça que meu Narguilê fazia
Numa noite dessas eu te vi chegar
À meia luz, o ambiente foi sumindo aos poucos
Na hora que eu vi você brilhar

Que sorriso lindo hein?
Que cabelo bonito, meu bem!
Tá de sacanagem
É tapa na cara da sociedade

De vestido coladinho
Com esse corpo lindo
Baixou minha pressão
Como é que não pira mozão?
Como é que não pira mozão?

Vem na senta, sentadinha
Na trava, travadinha
Puxei, fiquei doidão
Como é que não pira mozão?
Como é que não pira mozão?
Tem jeito não…

“Por trás da fumaça que meu Narguilê fazia
Numa noite dessas eu te vi chegar
À meia luz, o ambiente foi sumindo aos poucos
A hora que eu vi você brilhar

Que sorriso lindo hein?
Que cabelo bonito, meu bem!
Tá de sacanagem
É tapa na cara da sociedade

De vestido coladinho
Com esse corpo lindo
Baixou minha pressão
Como é que não pira mozão?
Como é que não pira mozão?

Adicionado por

Samuel Viana

Compartilhar

O seu endereço de e-mail não será publicado.

   

Últimas Letras Adicionadas